Seus sonhos bloqueiam a sua felicidade?

 

Oioioi ! #kuduru

 

Nessa semana temos o terceiro feriado seguido e você pode estar pensando:

 

Poxa, se eu tivesse um namorado, eu ia para… (complete a frase).

 

Ou:

 

Se eu já estivesse namorando, nesse feriado eu convidaria um monte de amigos para minha casa e faria um jantar, uma noite de filmes, uma maratona do netflix.

 

Pensar desta forma “quando eu tiver… quando eu estiver…” parece inofensiva. Parece apenas um plano para o futuro, certo?

 

Mas no fundo estamos colocando uma condição para nossa própria felicidade.

 

Definimos que só vamos fazer o que nos faz bem e ser verdadeiramente felizes quando estivermos namorando, quando casarmos, quando formarmos uma família, e mais um monte de metas que a gente cria na nossa cabeça.

 

Por anos eu sofri deixando de lado um monte de planos e projetos porque eu não tinha um namorado, porque eu não tinha com quem ir, porque eu era a única solteira do grupo, porque todas as minhas amigas estavam namorando E já tinham me apresentado boa parte dos amigos solteiros dos boys delas.

 

E hoje quero te convidar a fazer diferente. A fazer o que eu não fiz por anos. A fazer o que eu comecei a fazer e transformou a minha vida.

 

Eu parei de deixar de lado o que eu ACHAVA que ia me fazer feliz. E comecei a FAZER.

 

Eu parei de dar desculpas para ser feliz.

 

Ao invés de ficar pensando, planejando, sonhando, eu comecei de fato a FAZER o que eu pensava que seria legal e divertido.

 

Eu AMO planejar e sou a defensora dos sonhos – e para mim, quanto maior melhor!

 

Mas com o tempo, se não tomarmos cuidado, nossos sonhos vão virando aos poucos o sufocador da nossa felicidade. O que era para motivar passa bloquear os momentos de alegria porque passamos a acreditar que não podemos ser felizes sem aquilo que queremos.

 

Aquele namorado, aquele marido, aquela casa, aquele corpo, aquele sapato, aquele cabelo.

 

Você pode achar estranho eu – que trabalho dando consultoria à mulheres que cansaram de sair com os homens errados e querem começar a namorar seus maridos – falando que dá para ser feliz sem homem.

 

Mas nós aqui temos um trato e eu falo a verdade para você.

 

Dá sim para ser feliz sem marido, sem namorado. Começar a namorar é uma escolha e você faz quando VOCÊ estiver pronta.

 

Quando achamos que só podemos ser felizes quando tivermos um namorado, marido, filhos, casa própria, eu, você, dois filhos e um cachorro, afastamos cada vez mais esse sonho da nossa vida.

 

Quando estamos felizes, vibramos energias positivas e isso atrai tudo de bom para perto de você – inclusive o seu boy ideal.

 

Se você quer receber amigos em casa quando estiver namorando, comece agora a receber amigos! Vai praticando, se sentindo feliz, se realizando com o que você gosta de fazer, com o que te faz bem, com o que te faz feliz.

 

Se você está louca para conhecer aquele restaurante novo, arrasta a sua irmã, o seu amigo, o seu primo..

 

Estar solteira não precisa ser sinônimo de vida chata e sem graça.

 

Vida chata e sem graça é para quem não tem paixão e não gosta do que faz – ou não sabe do que gosta.

 

Mas isso é um papo para outro post!

 

Ao seu casamento,

Com carinho,

Marina

 

obs: já curtiu a minha página do face e o insta? Coloco diariamente muita coisa legal por lá!

Author: Marina

Share This Post On
468 ad

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *