O que tem na sua playlist?

site27O que tem na sua playlist?

 

Bom, para quem não sabe, eu também sou famosa pelos meus dotes na cozinha.

 

No Natal do ano passado – como em todos os Natais – rolou aquela indireta do tipo:

“Umh! O que vai ter de sobremesa?!”

 

Minha primeira reação é responder:

 

“Umh! Boa pergunta! O que você vai comprar para a sobremesa mãe?”

 

Depois da gracinha eu decidi entrar no espírito Natalino e ir para a cozinha.

 

Pois então, Natal de 2015 lá estava eu dividindo o fogão com o peru. Gosto de cozinhar ouvindo música. Sou eclética. Ás vezes música clássica para inspirar a criatividade, determinados momentos opto por canções da diva Beyonce para animar, e outras vezes vou na boa e velha rádio para me inteirar do que anda tocando fora da minha playlist.

 

Som ligado, forno pré-aquecendo, batedeira a mil e um bolo red velvet pronto para ir para a fôrma. Ouço Taylor Swift na rádio. A música era Bad Blood. Curto o ritmo, adoro Taylor – Wildest Dreams tem uma das fotografias mais lindas que eu já vi num clipe.

 

Curto mesmo, mas nunca tinha prestado atenção na Bad Blood. Fui ouvir o que a letra falava..

 

Preciso confessar para você que essa história de sangue ruim não curto muito desde os tempos de Harry Potter #trouxas. Na estrofe seguinte ela dizia que temos problemas e não podemos resolvê-los. Fui tomada por certa angústia.

 

Como assim problemas que não podemos resolver? Logo você, Taylor?!

 

Comecei uma reflexão profunda enquanto virava a massa na fôrma sobre como nos colocamos à disposição para ouvir tantas e tantas mensagens que não ajudam em nada nosso raciocínio e nossas escolhas – pelo contrário. Ficar ouvindo e repetindo essas mensagens coletivas nos paralisa, baixa a nossa energia e de tanto repetir começamos a acreditar.

“Uma mentira repetida várias vezes vira verdade.”

J. Goebbles – o grande marketeiro nazista.

Somos convencidas diariamente que não podemos ter o que queremos – ou você nunca cantou com os Rolling Stones “I can`t get no.. Satisfaction”eu sei que eu já! Não vejo como isso possa me fazer bem.

 

site26

Eu escuto muita coisa além da diva e dos clássicos. Opto por ser cuidadosa – e carinhosa – com os meus ouvidos nas minhas escolhas.

 

 

 

 

O que menos precisamos agora é mais um meio de comunicação tentando nos convencer de que não vamos andar para frente.

 

Vamos sim!

 

Para trás só pra pegar impulso!

 

Vamos nessa! 🌟

 

nota: ás vezes eu escuto as trilhas sonoras dos filmes Disney #adoro

Author: Marina

Share This Post On
468 ad

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *